Como surgiu o pen drive?

Amigos, navegando pela net encontrei uma publicação interessante e estou reproduzindo ela aqui para os leitores, claro respeitando os créditos...


Pen Drive ou Memória USB Flash Drive é um dispositivo de memória constituído por memória flash, com aspecto semelhante a um isqueiro e uma ligação USB tipo A permitindo a sua conexão a uma porta USB de um computador ou outro equipamento com uma entrada USB. As capacidades atuais de armazenamento são variadas, existindo pen drives com capacidade de até 256 GB. A velocidade de transferência de dados pode variar dependendo do tipo de entrada, sendo a mais comum a USB 2.0 e a mais recente a USB 3.0. 

A idéia do Pen Drive surgiu em 1998, quando o israelense Dov Moran foi convidado a fazer uma apresentação a um grupo de investidores em Nova York. Ao subir ao palco sob os aplausos da plateia, o fundador da empresa de chips de memória para celular MSystems, prontamente colocou seu notebook em cima da mesa. Mas, para sua surpresa, o equipamento não ligou.
Constrangido com os olhares impacientes dos espectadores, sentiu as batidas cada vez mais fortes do coração, enquanto tentava desesperadamente fazer o computador funcionar. A apresentação não tinha cópia e estava presa naquela máquina. Estava quase sem esperanças quando viu a luz do botão "start" finalmente acender.

"Naquele momento, jurei para mim que nunca mais enfrentaria uma situação semelhante", lembra Moran. Um ano depois, apresentou ao mercado uma invenção que revolucionaria o conceito de mobilidade. Tratava-se de um equipamento do tamanho de um canivete suíço, capaz de armazenar dados. Hoje, o produto é popularmente conhecido como pen drive. Moran vendeu sua empresa e a patente da invenção à Sandisk, por US$ 1,6 bilhão, em 2006.

O pen drive veio com o objetivo de substituir o disquete, resgatar dados de computadores estragados, realizar backup com mais facilidade, abrigar determinados sistemas e aplicativos mais utilizados.
Eles oferecem vantagens potenciais com relação a outros dispositivos de armazenamento portáteis, particularmente disquetes, dispositivo praticamente extinto pelo desuso após a popularização dos pen drives. São mais compactos, rápidos, têm maior capacidade de armazenamento, são mais resistentes devido a ausência de peças móveis. Adicionalmente, tornou-se comum computadores sem drives de disquete, portas USB por outro lado, estão disponíveis em praticamente todos os computadores e notebooks. Os drives flash utilizam o padrãoUSB mass storage ("armazenamento de massa USB" em português), nativamente compatível com os principais sistemas operacionais, como o Windows, o Mac OS X, o Linux, entre outros. Em condições ideais, as memórias flash podem armazenar informação durante dez anos.


Fabio Lucio

Sobre o autor

Fabio Lucio Professor de Cursos Preparatórios para Concurso Público na disciplina de Informática. Palestrante Motivacional. Professor do Curso de Qualificação Gestão de Pessoas. Blogueiro apaixonado pelo faz... Leia Mais sobre o autor...

0 comentários for "Como surgiu o pen drive?"

Leave a reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores