O livro e a vergonha! Crônica

Esse dias estava sentado na rodoviária quando se aproximou um senhor, mal vestido, sujo e com um cheiro horrível de bebida alcoólica, qual é a primeira coisa que se espera, mais um pedinte... mas, qual fora minha surpresa, quando o senhor abriu uma mochila que carregava e retirou um livro dizendo, "essa é minha história de vida!".
Apanhei o livro e dei uma olhada, estava la a foto daquele senhor, um livro de 278 paginas muito bem encadernadas, um livro bonito sim! o conteúdo fascinante, um ex-menino de rua que cresceu sem apoio nenhum da familia, morador de rua e que hoje anda vendendo o livro que escrevera e fora editado por uma pessoa anônima... sabe quanto o livro? míseros R$ 5,00 que não pagam nem a sua capa... nesse momento meu ônibus chegou e rapidamente, alcancei o dinheiro e antes que pudesse virar as costas o senhor me disse:

- Guri... você vai se apaixonar pelo que escrevi!
Gente, isso aconteceu a dois dias, quanto ao livro estou lendo sim, não fala de dragões e nem heróis, não tem a intenção de servir como apoio a auto-ajuda e nem tem poesias. Infelizmente o livro fala sobre uma vida difícil e retrata bem o abandono e a exclusão que sofre as classes menos favorecidas, não me orgulho em ter comprado por uma ninharia, por míseros R$ 5,00, para ser sincero eu deveria dar mais que isso aquele senhor, a cada pagina que leio sinto algo que não sei explicar, talvez uma mistura de raiva, compaixão e não sei mais o que...
Me pergunto e abro a pergunta a você também:
- Quantos talentos assim estão perdidos nesse exato momento pelas ruas? quanta falta de oportunidade, quanta gente se aproveitando da miséria alheia. Quando ligo a teve, vejo programas hipócritas que usam da pobreza e da falta de oportunidade para se promover, como se precisasse estar em rede nacional para dar uma cesta básica a quem tem fome, escândalos assombram a política em nosso pais levando a desesperança a quem não tem nada, quando digo nada, não me refiro só ao que comer, mas a oportunidade de poder ser e ter alguma coisa.
Realmente aquele senhor estava com a razão, me apaixonei pelo livro sim, pois ele estampa nos olhos de quem o lê a triste história de uma sociedade moldada sobre padrões éticos que não condizem com a realidade de seu dia-a-dia.
Hoje convido você a pensar... o que realmente fazemos pela pessoas ? alguns dizem que o problema não é nosso, cuidado, reflita bem pois, talvez seja mais nosso e grave do que imaginamos.


Fabio Lucio

Fabio Lucio

Sobre o autor

Fabio Lucio Professor de Cursos Preparatórios para Concurso Público na disciplina de Informática. Palestrante Motivacional. Professor do Curso de Qualificação Gestão de Pessoas. Blogueiro apaixonado pelo faz... Leia Mais sobre o autor...

5 comentários for "O livro e a vergonha! Crônica"

  1. Fábio ao ler o seu relato,me recordei de um outro da minha estimada amiga Luciana Vaz,falando com outras palavras a mesma coisa que vc esta dizendo nesse momento...e chego a sentir vergonha de olhar as pessoas simples a minha volta e duvidar das suas reais capacidades...quantos senhores neste país não estão na mesma situação de abandono e descaso.
    Uma verdadeira Lástima.
    Bjos

  2. Sensacional seu post grande realidade.
    Abraços forte

  3. Quando dizem o problema nao e nosso, na verdade, esses sao os problemas do mundo,pois sao egoistas, e muitos nao notam que caminham para um triste fim.Olhar pra fora e olhar pra si, amar e receber amor.Excelente texto, pena que a realidade ainda seja tao dura.

  4. Querido,
    Infelizmente muitas pessoas de talento e caráter passam por nossos olhos, diariamente, desapercebidas.
    Grande beijo,
    Jackie

  5. As pessoas que muitos consideram simples, tem capacidades intelectuais que desconhecemos.
    Somos muito apegados às aparências, o que nos impede de ver o próximo como ele realmente é.
    Alguns não tem as oportunidades que gostariam na vida, mas de modo algum são de menor valor que os que a tiveram.

Leave a reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores