Dez anos depois, onde estão os estudantes que foram primeiro lugar no vestibular?

O GUIA foi atrás dos primeiros colocados há uma década de dois concorridos vestibulares para descobrir como eles estão hoje em dia

Logo após a divulgação da lista de aprovados de um grande vestibular, os holofotes sempre se voltam para o primeiro lugar da lista. Entrevistas a jornais, aparições na televisão, fotos para anúncios de cursinho são comuns nesta hora. Depois, pouco se sabe sobre eles. O GUIA foi atrás de dois deles e conversou com Vinicius Cifú Lopes, primeiro lugar da Fuvest de 2000, e com Sérgio Tadao Martins, melhor colocado da Unicamp em 2001.

Coincidência ou não, após saírem da faculdade, ambos escolheram seguir carreira acadêmica em matemática. Vinicius, que também foi primeiro lugar no Enem em 1999, fez um doutorado na Universidade de Illinois, nos EUA, e hoje é professor de matemática na Universidade Federal do ABC.

Sergio, que também alcançara o segundo lugar na Fuvest e o terceiro na Unesp, decidiu cursar ciências da computação na Unicamp. Após se formar, fez um mestrado na USP em matemática e atualmente segue na mesma área e na mesma universidade preparando seu doutorado.

O que ambos aproveitam hoje em dia do primeiro lugar no vestibular? Praticamente nada. "Foi um acontecimento legal, mas ser aprovado em primeiro ou em último não importa muito. Entrar na universidade é o prêmio maior, o resto é vaidade. A fila do bandejão [na faculdade] é a mesma para todos, sabe? A partir do momento em que as aulas na universidade começam, todos iniciam juntos, do zero", diz Sergio.

Para Vinicius, o primeiro lugar foi uma vantagem para abrir algumas portas dentro da universidade. "Minha colocação chamou a atenção de diversos professores e estimulou-os a apresentar-me suas áreas de estudo e pesquisa", afirma.

As dicas dos melhores
Claro, a preparação deles para alcançar o primeiro lugar não foi fácil e houve até gente que criticasse. "Muitas vezes, fui interpelado nas ruas como um ‘idiota que rachou de estudar e se sacrificou para uma carreira pouquíssimo procurada no vestibular’", afirma Vinicius. "Bem, a escolha de carreira foi minha, o vestibular foi meu, garantir minha vaga na ‘facu’ certamente valeu a pena."

Para você ser aprovado no vestibular, aqui estão as dicas de Sergio e Vinicius que garantiram o melhor lugar para ambos:

Resolva o máximo de exercícios que puder

"Estudar apenas a teoria deixa o aprendizado incompleto. Um benefício das grandes quantidades de exercício é praticá-los com mais e mais rapidez. Afinal, o exame real dará pouco tempo a cada questão", diz Vinicius.

Estude para ficar tranquilo no dia da prova

"Eu estava bem preparado para o vestibular. Tinha estudado bastante em um colégio que me deu total condições de ser aprovado. Assim, pude ir para as provas bem tranquilo, o que ajudou bastante no meu desempenho", diz Sergio.

Conheça bem sua prova
Faça simulados e vestibulares como treineiro. Você entende como funciona a prova, o sistema de pontuação, o estilo das questões feitas pela banca examinadora e ainda tem um bom termômetro sobre sua preparação. "Fiz incontáveis simulados de alto padrão e participei do vestibular real quatro anos como treineiro; assim, pude ter consciência de minha própria performance", diz Vinicius.
Fonte: Guia do Estudante

Fabio Lucio

Sobre o autor

Fabio Lucio Professor de Cursos Preparatórios para Concurso Público na disciplina de Informática. Palestrante Motivacional. Professor do Curso de Qualificação Gestão de Pessoas. Blogueiro apaixonado pelo faz... Leia Mais sobre o autor...

0 comentários for "Dez anos depois, onde estão os estudantes que foram primeiro lugar no vestibular?"

Leave a reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores