ENEM: Sonhos, dúvidas e dicas para o caminho até a universidade


Queridos, achei interessante e estou reproduzindo para vocês!... 
Fonte: Correio do Povo de Alagoas 
Milhões de estudantes espalhados por todo o Brasil desenham o sonho de um futuro universitário, e os traços finais serão apresentados nos dias 3 e 4 de novembro, quando serão realizadas as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2012. Preparação, psicológico, dúvidas e dicas fazem parte desse processo que movimenta um país inteiro.
Dois lados da moeda vivem preparações distintas, mas com objetivos semelhantes em busca de um lugar ao sol nas universidades e faculdades espalhadas pelo Brasil. Do lado privado, escolas com mensalidades consideradas altas, mas com um nível de preparação e acompanhamento nivelado.
De acordo com o diretor pedagógico do Colégio Contato em Maceió, Ernesto Stadtler, a preparação acontece durante todo o ano e com a proximidade das provas é intensificada, mas, objetivando diminuir a pressão sobre os alunos.
“Nós trabalhamos o ano inteiro e um dos objetivos é sim o Enem. No momento em que intensificamos esse processo, procuramos fazer da forma mais didática e tranquila possível. Com ajuda de psicólogo, “aulões” descontraídos, professores cantam e dançam, fazemos sorteios. Tudo gira em torno de uma preparação tranquila para os nossos alunos”, disse.
Stadtler ainda destaca que o fato do Enem ter ganhado força como um dos principais caminhos até a Universidade, juntada ao fato de que os alunos estão cada vez mais centrados no que querem, com planos e profissões decididas, aumentam a pressão por um resultado melhor.
“Antes existia muita dúvida na faculdade a escolher. Hoje em dia, os alunos chegam nesse ponto pensando em medicina, direito, engenharia civil, formação de oficiais, engenharia de petróleo que tem crescido bastante. Tudo isso como planejamento de futuro, tanto profissional como pessoal e por isso eles ficam nessa tensão para serem os melhores e conseguirem a aprovação de primeira”, afirmou.
Se do lado privado existe uma preparação toda especial, com acompanhamento direto e os alunos adotando também a possibilidade de estudarem disciplinas isoladas, do outro lado, a ala pública, o investimento é bem menor, mas não deixa para atrás os estudantes que querem mudar de fato a própria história e construírem um futuro melhor.
O Governo do Estado, através da Secretaria de Educação tem realizado “aulões” que movimentaram uma grande quantidade de candidatos do Enem. No último final de semana, cerca de 500 alunos da rede pública tiveram a chance de revisar os itens que serão cobrados no Enem, cujas provas serão aplicadas nos dias 03 e 04 de novembro. Os aulões foram destinados aos estudantes de escolas da 1ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) e da Escola Estadual Moreira e Silva, no Cepa.
De acordo com Ritta Peixoto, técnica pedagógica da 1ªCRE, o evento é uma oportunidade, não só para rever os assuntos, mas também para promover uma integração entre os alunos. “Temos aqui professores da rede pública e particular e cursinhos que atuarão de forma a preparar os alunos para a metodologia do exame, facilitando este processo para eles”, fala.
Já a diretora de apoio pedagógico à rede estadual de ensino, Rosineide Urtiga, citou um número recorde de participantes de aulões, que atingiu a casa dos 1650 alunos, além de destacar a preparação dos estudantes. “Intensificamos o processo e acredito sim numa boa preparação dos alunos. Claro, que depende muito destes alunos darem a sequencia, estudando em casa e buscando o aprimoramento, mas acredito que estarão mais que preparados para buscar essas vagas na universidade”, disse.
Não mais como alunos do passado, que seguiam carreiras indicadas pelos pais ou se identificavam com outros cursos de menos expressão, os estudantes atuais chegam melhor preparados para as provas do Enem.
Dois alunos de uma escola particular e uma da rede pública mostram que estão decididos quanto a tentativa do futuro universitário. Marcos Vinicius de 17 anos e Maria Clara de 18, estudam em uma das melhores escolas de Maceió e afirmam que apesar da pressão, estão preparados.
“Eu escolhi medicina para o meu futuro. Apesar de estar decidido, ainda estou precisando de um reforço na área de humanas, por isso, tenho reforçado esse ponto fraco. Eu fiz uma planilha traçando o meu programa de estudos e sinceramente acredito na aprovação. Estou pensando positivo e tenho tentado intercalar os momentos de estudo com descanso. Por isso tenho assistido filmes praticamente todos os dias,evitando sair muito para não perder o foco”, disse o jovem Marcos Vinicius.
Apesar de mostrar uma dúvida entre direito e jornalismo, a estudante Maria Clara acredita estar preparada para as provas e admite que, apesar da competição entre os colegas, está tranquila para o processo.
“A gente pensa no nosso futuro, mas sempre olha se os amigos estão indo bem, afinal, eles serão concorrentes de certa forma. Mas, tenho focado muito no meu programa de estudos, aumentei o número de questões e ao mesmo tempo tento espairecer. Não adianta ficar nessa pilha toda, e sair prejudicado na hora da prova”, afirmou.
Com uma preparação diferente, mas não menos intensificada, a estudante Carla Amorim, que está na terceira série do ensino médio, está fazendo cursinho e confia na aprovação para o curso de direito da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).
“Estou terminando os estudos numa escola pública, mas tenho que valorizar o esforço dos meus pais para me colocar num cursinho, porque eles sabem da minha vontade em me formar e ter um futuro ainda melhor. Nunca me faltou nada, mas sei valorizar as coisas, então, tenho me preparado muito bem e rezo todos os dias para ser aprovada(risos)”, exclamou.
Ainda de acordo com o diretor e professor Ernesto Stadtler, apesar da necessidade de intensificação das aulas com a proximidade das provas, é preciso relaxar os alunos, por isso, algumas dicas são necessárias.
“Nós temos aulas até a véspera da prova. Mas, depois de passada, nós recomendamos não tocar mais nos livros. Relaxa, se alimenta de comidas leves, conversa, distrai e dorme cedo. Isso é muito importante para um aluno relaxado e concentrado no dia da prova”, disse.
O CadaMinuto buscou também as dicas de uma especialista. Rejane Vasconcelos, psicóloga clínica e psicopedagoga – trabalha na área pública e privada atendendo crianças e adolescentes deu dicas de um processo tranquilo para os candidatos do Enem.
Diante da proximidade da prova, onde milhões de estudantes brasileiros estarão frente a frente com a prova que é sinônima de passaporte para as universidades federais, e nesta reta final, o estresse e a ansiedade tomam conta, é fundamental focar no elemento-chave do sucesso no exame, voltando para o principio de ser bem sucedido. Por isso, é importante a preparação interna, de corpo humano para o sucesso do processo.
"Precisamos encontrar maneira de trabalhar essa tensão. Podendo ser indicada alguma atividade física. Hobby , se gosta tocar violão , um momentos de descontração, nada impede de depois de seu tempo de estudo realizar de forma normal e sadia, ir ao cinema, lazer, mas tudo tem que ser prazeroso, se não é mais uma obrigação e não adianta nada", disse.
A psicopedagoga ainda apontou vários pontos de fundamental importância na preparação e pontuou em tópicos algumas dicas para os candidatos.
Atividade Física – “Unir a prática de yoga, reiki e acupuntura, modalidades que ajudam a relaxar corpo e mente. Isso também é importante em intercalar atividades de lazer à rotina de estudos ao longo do ano, e não apenas às vésperas do vestibular, quando a tensão aumenta ainda mais”.
Família – “A família também precisa ficar atenta, porque a pressão para que o filho passe no vestibular para compensar os investimentos financeiros pode atrapalhar. A família é um fator muito importante neste processo, ela é o porto seguro, é encorajando incentivando este aluno tem a importância do estudo de forma continua. Não é de agora que a família é a base para que seus filhos possam ter um futuro, a cobrança ela sempre vai existir em qualquer circunstância, mas tudo na medida certa e bem estabelecida”.
Tempo – “Pouco tempo para se preparar para a prova, que possui extenso conteúdo atrapalha, por isso, é importante um programa de estudos”
Pressão – “Cobrança interna por uma boa nota e também externa, vinda não apenas de familiares, amigos e de si próprio pode ser negativa nessa peparação”
Excesso – "Carga diária excessiva de estudos e ingestão de muita gordura e açúcares"
Escape – "Tenha, ao longo do ano, momentos de lazer intercalados á rotina de estudos, como esportes ou música"
Alimentação – “Consuma frutas e verduras, que ajudam a combater o estresse, e alimentos bons para a memória, como ovos e castanhas”
Por fim, a profissional Rejane Vasconcelos ainda dá faz uma ressalva quanto ao processo decisivo na carreira de um estudante. “No Enem, não basta bagagem intelectual, é preciso preparo psicológico também e constantemente realizar uma rotina de estudos buscando potencializar, realizar muitas leituras, para que se tenha uma facilidade para compreender o mundo, a disciplina, dedicação, paciência e respeitando seus limites o candidato tem uma boa probabilidade de um sucesso mais eficaz”, finalizou.
Próximos a realização do exame mais aguardado do ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é válido lembrarmos possíveis temas que poderão cair na redação da prova. O Enem tem o perfil, normalmente, de abordar temáticas palpáveis, uma problemática social para qual o candidato apresente possíveis soluções, respeitando devidamente os direitos humanos.
Uma das características mais marcantes do exame é a maneira que ela usa temas atuais como gancho, fazendo assim, o candidato explorar toda a temática envolta. Um exemplo notável seria a Copa do Mundo 2014. O aluno poderia explorar a visibilidade que traria ao Brasil, e/ou, a problemática econômica e social que ela está trazendo ao País, como o desapropriamento da população que vive em favela devido à especulação imobiliária.
Crise econômica, novo Código Florestal Brasileiro, Conferência da ONU sobre o Meio Ambiente (Rio+20), Olimpíadas 2012, drogas, trabalho voluntário e sustentabilidade podem ser um deles. Mais uma vez lembramos que são algumas possibilidades sobre temas da redação do ENEM 2012.
Atenção com o horário
O horário de verão teve início no último dia 21 de outubro e acaba no dia 17 de fevereiro de 2013. Por conta disso, muitos são os compromissos que precisam ser reajustados. No caso da prova do Enem, a organização, mostrando preocupação com possíveis confusões, tem mostrado na TV de forma repetida.
Nos Estados do sul do país, que correspondem ao horário de verão, os portões serão fechados exatamente às 13h00, impreterivelmente. No caso dos alagoanos e do restante do nordeste, os portões serão abertos às 11h00 e serão fechados definitivamente às 12h00(meio dia).
Já os moradores do Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima, os portões ficarão abertos das 10 às 11 horas, já que estão 2 horas atrás do horário oficial de Brasília.

Fabio Lucio

Sobre o autor

Fabio Lucio Professor de Cursos Preparatórios para Concurso Público na disciplina de Informática. Palestrante Motivacional. Professor do Curso de Qualificação Gestão de Pessoas. Blogueiro apaixonado pelo faz... Leia Mais sobre o autor...

0 comentários for "ENEM: Sonhos, dúvidas e dicas para o caminho até a universidade"

Leave a reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores